Especialidades

Além de oferecer um atendimento diferenciado na área de dermatologia, a Clínica Médica Dr. Miguel Cury, também conta com profissionais de alto nível em diversas especialidades como Clínica Médica, Coloproctologia, Gastroenterologia, Cardiologia  e Obesidade.

Todos os consultórios são equipados com os instrumentos e aparelhos necessários para a consulta e tratamento de cada especialidade. Com isso, é possível atendê-lo com as vantagens da tecnologia e todo o cuidado de profissionais experientes, qualificados e compromissados em lhe prestar o melhor atendimento. Saiba um pouco mais sobre:
 
 
Dermatologia
 
O que é Dermatologia?

A Dermatologia estuda, as doenças da pele, cabelos e unhas. Esta especialidade médica abrange a área de Dermatologia Clínica, Dermatologia Cirúrgica e Dermatologia Estética.
Muitas doenças de pele, como as infecções bacterianas e as micoses são tratadas pelo Médico Dermatologista.

Cuidados com a pele

O câncer de pele vêm tendo um destaque cada vez maior na área de saúde. A maior exposição ao Sol e a diminuição da camada de ozônio têm contribuído para o aumento da incidência de casos de câncer de pele. Entretanto grande parte dos tumores da pele podem ser curados quando diagnosticados e tratados a tempo.
Aconselhamos a todas as pessoas ficarem atentas para quaisquer alterações na sua pele, procurando sempre um Médico Dermatologista.

Qual a importância da Dermatologia?
 
O conhecimento científico é necessário, assim como suas habilidades fazem da dermatologia uma das mais amplas e generalistas especialidades médicas.
Os dermatologistas têm a necessidade de conhecer em profundidade os problemas cutâneos relacionados à medicina geral, obstetrícia, ginecologia, endocrinologia e outras especialidades médicas. Este especialista utiliza uma grande variedade de métodos terapêuticos desde o uso de antibióticos até o bisturi, realizando na verdade maior número de pequenas cirurgias que o próprio cirurgião.

Quais são as principais doenças?
 
As doenças da pele afetam pessoas de todas as idades, desde crianças e adolescentes, até adultos e idosos.
Dentre elas encontram-se mais comumente a acne, eczemas, psoríase, alergias internas e externas, infecções por bactérias (impetigo, furúnculo), infecções por vírus (verrugas, herpes), infecções por fungos (micoses), doenças sexualmente transmitidas (sífilis, cancro mole), hanseníase, leishmaniose, "fogo selvagem", reações a medicamentos, neoplasias cutâneas (tumores benignos e malignos) e muitas outras.

 
 
Clínica Médica
 
Clínica Médica, no Brasil também conhecida como Medicina Interna, é a especialidade médica que trata de pacientes adultos, atuando principalmente em ambiente hospitalar. Inclui o estudo das doenças de adultos, não cirúrgicas, não obstétricas e não ginecológicas, sendo a especialidade médica a partir da qual se diferenciaram todas as outras áreas clínicas como Cardiologia, Reumatologia, Oncologia, Alergia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Hematologia, Nefrologia e Pneumologia.
No Brasil, o especialista em clínica médica deve cumprir, além do curso de Medicina, dois anos de Residência médica em Clínica Médica. O termo "clínico geral" é popularmente utilizado para designar o médico sem especialização.
 
 
 
 Coloproctologia (Proctologia)
 
Coloproctologia é uma especialidade médica que estuda as doenças do intestino grosso (colon), do reto e ânus.
 
Etimologicamente:
 
colo: do latim collon, ou do grego kólon, significando parte do intestino grosso situada entre o íleo e o reto; um
procto: do grego proktós, significando ânus e, por extensão, reto;
logia: do grego lógos, significando ciência, estudo.
Antes conhecida como Proctologia, a especialidade médica passou a ser melhor referida pelo termo Coloproctologia por incluir também o estudo e abordagem terapêutica das doenças do intestino grosso (colon).
Atribui-se a John Arderne (1307 – 1392) a autoria da primeira publicação sobre a Proctologia. Sir Arderne era um cirurgião inglês sendo considerado, por alguns, o pai da Proctologia. Sua publicação mais famosa foi um tratado sobre tratamento de fístula anal.
 
  
 
  
Gastroenterologia

Gastroenterologia é uma especialidade gástrica médica que estuda, diagnóstica, previne e trata de doenças que atacam o aparelho digestivo ou sistema digestório. Este sistema compõe todos os seres humanos e também animais, sistema esse cujo sem o qual não viveríamos. O aparelho digestivo é formado por todos os órgãos que envolvem o processo de alimentação, ou seja, desde as glândulas salivares existentes na boca até as fibras intestinais.


Por ser um sistema grande que envolve mais de 20 órgãos do nosso corpo estamos muito propensos a ter algum tipo de doença gastrointestinal ou gástrica mesmo, ao menos uma vez na vida todo ser humano já teve algum tipo de problema envolvendo o sistema digestório e é nessa parte do nosso corpo que consiste o trabalho exercido pelos gastroenterologia gástrica, eles são responsáveis por qualquer diferença funcional que possa nos ocorrer.


A especialista gástrica dessa área trata desde do simples soluços, que passam por vômitos, prisão de ventre até câncer no estômago, esôfago, intestino, ânus… O gastroenterologia gástrica em geral trata dessa área, mas com atendimento clínico, ou seja, remédios e tratamentos, quando o problema é mais grave e requer cirurgia como um caso de apêndice ou redução de estômago entra em cena os especialistas em cirurgia do aparelho digestivo, ou seja, a gástrica cirurgiã.


A gastroenterologia gástrica atua em qualquer idade humana, pois os problemas são possíveis em qualquer fase da vida, claro que alguns problemas são mais comuns em certas idades, mas todos correm o risco de fazer uma visita a algum gastro um dia. Por ser de muito fácil acesso para as bactérias às doenças são mais comuns do que em qualquer outra parte do corpo.


Obesidade
 
Prevenção e Controle da Síndrome Metabólica

Quando emagrecer é preciso...
É preciso quando a obesidade vem se destacando como um dos mais graves problemas de saúde publica no ínicio deste 3° milênio. Considerando como sinal de fartura e saúde no passado, hoje é reconhecida como prenúncio de doenças, destacamos a Diabetes Mellitus e a Hipertensão Arterial Sistêmica, Além delas, observa-se que depois de certo tempo outros órgãos, aparelhos e sistemas se fazem lesar com múltiplas complicações físicas.
Desta forma, a Obesidade faz parte da chamada Síndrome Metabólica, onde encontramos além de aumento de peso, elevação significativa da Glicose, colesterol e Ácido Úrico no organismo.

O número de crianças com sobrepeso no Brasil aumenta de forma inequívoca e já se destaca entre os graves problemas de Saúde Pública prevista para o terceiro milênio. Estudos apontam que em media 15% das crianças e 8% dos pré-adolescentes brasileiros sofrem de problemas de obesidade, e 8 em cada 10 pré-adolescentes continuam obesos na fase adulta. De acordo com médico Miguel Cury, que trata a obesidade, prevenir o aumento da população obesa depende do acompanhamento alimentar logo na infância, que deve ser seguido de forma rigorosa pelos pais. 

A educação alimentar precisa começas antes que a criança se torne obesa, assim, se evita sobrepeso futuro. Na agitação do dia-a-dia, muitos pais não encontram tempo para balancear os alimentos dos filhos e optam pela praticidade dos congelados e de alimentos de fácil preparo nas microondas. Esses alimentos são sempre ricos de gorduras, açúcar, sal e óleo. O papel dos pais é retirar da rotina os maus hábitos e incorporar os bons hábitos alimentares, para que a criança se acostume a ser saudável. E o exemplo vale mais que mil palavras.

Em nossa opinião, infelizmente, a mídia também contribui para o aumento índice de obesidade entre crianças e adolescentes. Esta também é a conclusão de um estudo realizado pela psicóloga Paula Preto. Em seu estudo, ao mesmo tempo em que traçou os hábitos de compras da família, também determinou a quantidade propaganda de alimentos gordurosos veiculada na três emissoras de mais audiência e os hábitos alimentares das crianças. Lamentavelmente observou que não existia veiculação de propagandas convidando ao consumo de frutas ou verduras. Muitos são os apelos para o uso de produtos que causam a obesidade e ninguém faz nada para evitá-los.

 
 
Socorro - Mogi das Cruzes - Tel.: (11) 4796-3166 e 2819-0850
Centro - Suzano - Tel.: (11) 4741-2000 e 4742-1281